domingo, 7 de novembro de 2010

Vruuuum! Vruuuum!


Fórmula 1, certamente o segundo esporte que mais prende brasileiros em frente da televisão. As pessoas acompanham freneticamente este esporte automobilístico por vários motivos: prazer em ver os carros, emoção por ultrapassagens, ver o Rubinho ficar em segundo, ver um acidente e afins.

A cada ano que vai passando a fórmula 1 vai mudando, cada temporada tem novas regras, novos carros, novas escuderias. Nos últimos anos foi notório um crescimento de Brasileiros participando (Rubinho, Massa, Di Grassi e Bruno Senna). Última vez que tivemos quatro brasileiros na temporada foi início da Década com Rubinho, Pedro Paulo Diniz, Luciano Burti e Ricardo Zonta. Infelizmente, a geração pós Ayrton Senna não nos rendeu nenhum título. Não por motivos de fracassos, mas por sacanagem da escuderia (Ferrari).

Último grande e o MAIOR piloto brasileiro na F1, foi o Ayrton Senna. Este que por sua vez também foi o último ídolo brasileiro, desde 1994 que não vejo brasileiros se identificarem e torcerem tanto para uma figura brasileira como foi para o Ayrton. Eu comecei a acompanhar a fórmula 1, justamente em 1994, ano de seu falecimento, lembro que vi poucas corridas dele, mas eu era um adepto assíduo. Ayrton Senna era arrojado, voraz, não tinha medo de pilotar, o impossível era fácil para ele, ele era um ser mítico, lendário, venerado como Deus em muitos momentos.

Torço muito para que essa nova geração de pilotos possa render orgulho ao Brasil, que poderemos voltar a ouvir tantas vezes o tema da vitória a cada final de corrida.

Fica aqui um lindo momento de Saudades deste grande piloto. ARYTON SENNA.

18 comentários:

  1. FALEI DO MASSA, MAS O SENNA É INSUBSTITUÍVEL!

    ResponderExcluir
  2. Vou te confessar que, desde a morte do Senna, não consegui mais assistir Fórmula 1. De verdade! Eu gostava tanto de ver as corridas, que acompanhava até os treinos pela madrugadas. No dia em que ele sofreu o acidente e morreu, eu não acreditei enquanto não visse o caixão com ele dentro. Pois nas corridas anteriores, ele não ganhara nenhuma porque tinha sofrido acidente. Foi inacreditável e inesquecível, para mim, aquele dia. Eu estava com duas amigas minhas, na casa delas, assistindo a corrida e louca para ver mais uma vitória do Senna e...
    Já estou chorando aqui. Saudades de quem não conheci pessoalmente? Sim?! Eu tenho e muita.
    Hoje o brasileiro não ganha na F1, na minha opinião, é porque o dinheiro e status subiu a cabeça.
    Pode ver como exemplo, o Senna. O Brasil só descobriu a fortuna e os empreendimentos dele, depois que ele morreu. Assim se vai um verdadeiro herói.

    SAUDADES!

    Ótimo post! Gostei muito mesmo!

    Abração, meu lindo!!!

    ResponderExcluir
  3. Vale salientar! Ver o Rubinho em segundo em qualquer momento que seja, na atual temporada, é quase improvável, seria até lucro.

    O número de brasileiros cresce, mas não em grau de competitividade, infelizmente.

    ResponderExcluir
  4. nao curto F1
    nao curto Globo
    mas curtir o blog.
    abraçao brother

    http://menteilicita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. man,..... vi seu blog numa comu de divulgação de bLogs no orkut
    topas uma simples parceria ???
    vc segue meu blog e eu sigo o seu...
    http://www.pojucaonline.com.br/
    pode ser ??

    se for me seguir deixa um recado avisando com seu link q eu retribuo

    valew

    ResponderExcluir
  6. Senna foi um grande ídolo. Não podemos esquecer do Piquet também.
    Campeão do Mundo numa equipe pequena. Tem muito mérito.
    Abraço

    www.tocadowilliam.com

    ResponderExcluir
  7. Também acho que o Senna foi o MAIOR. E não é à toa que ele é tão reconhecido e respeitado dentro e fora do meio.
    Que possamos ter mais deles, ou pelo menos que eles cheguem quase lá ;)

    ResponderExcluir
  8. Senna foi e sempre será o melhor.

    ResponderExcluir
  9. Eu nasci no ano de falecimento do grande Senna, mas mesmo assim vi seu trabalho e o admiro muito. Herança de meu pai que é grande fã dele.
    Sim, tomara que os novos pilotos rendam. Se bem que o que fizeram o com o Massa, sacanagem... era pra ter sido campeão, ele estava muito bem.

    ResponderExcluir
  10. formula um e do karai de mais pena
    tamo mal de brasileiros la esse
    ano
    se puder passar
    http://seumadruguinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. O Senna sem sombra de dúvida deixou um vazio enorme causado pela saudade de muitos brasileiros que se juntava os domingos só pra vê-lo vencer. Ainda não vejo nenhum piloto que conseguia estar a altura do que ele foi um dia. Um piloto brasileiro, devo dizer.
    abcs

    ResponderExcluir
  12. L U T O
    Eternamente Ayrton Sena...o Seninha...

    ResponderExcluir
  13. Fórmula 1 se resume à grana, e eu ODEIO grana.

    ResponderExcluir
  14. Fórmula 1 se resume à grana, e eu ODEIO grana.

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente, na época que o Ayrton corria, provavelmente eu devia estar assistindo Cavaleiros do Zodíaco, Caverna do Dragão ou Thundercats (idosa), por isso não tive o prazer de acompanhar sua carreira.

    Mas sempre que vejo algo sobre ele não consigo não pensar em como era um grande profissional, talentoso ao extremo, e grande pessoa, com valores que parecem estar se perdendo não só na F1, mas em todo canto.

    Eu comecei a acompanhar F1 na época em que o Rubinho servia de escudeiro para o Schummacher (not sure se escrevi certo), e de lá pra cá, decepções como na Honda e grandes anos como na Brawn. Acabou sendo superado pelo Button, mas esse também é uma figura tão sensacional que não foi perda total.

    Gostaria de ver o Brasil sendo representado em equipes grandes, como o Felipe Massa, apesar de não suportar tal piloto, e me faz triste ver talentos como Bruno Senna e Di Grassi em equipes tão inferiores.

    Felizmente a F1 anda mudando as regras e possibilitando cenas inusitadas como a do alemão Hulkenberg largando à frente dos favoritos ao título. Não durou muito, mas foi divertido.

    Já tem algum tempo que torço para o Fernando Alonso, mas admito que seria um grande prazer ver um desses jovens brasileiros, novatos na F1, conquistando seu lugar ao sol nesse grande espetáculo automobilístico.

    Já estou seguindo o blog e vai entrar pra lista dos linkados no meu. Gostei mesmo. ^^

    (ah, desculpa pelo comment quase tão grande qto sua postagem, rs)

    ResponderExcluir